Jorge Lancinha Astrologia Psicologica
ARTIGOS

Começamos Novembro mergulhados no elemento água, com grande enfase em Escorpião, um signo de grande intensidade e profundidade emocional que irá dominar o cenário deste mês. É em Escorpião que se dará o eclipse solar de dia 3, visível em Portugal.

Dêmos as boas-vindas ao Outono, que nos últimos dias se fez sentir de forma inequívoca na mudança de clima. Acima das nuvens, também os planetas se alinham em novas configurações para este mês que agora começa.

Entrámos em Setembro. O período de férias chega ao fim, é altura de regressar à realidade do dia-a-dia, e olhando para a conjuntura astrológica, este mês não será nada tranquilo.

E eis que chegámos a Agosto! Sente-se agora o progressivo desacelerar característico desta época do ano, em que a maioria tira férias, e o principal foco é o restabelecimento de forças neste período de pausa. Mas o universo não para, nem em Agosto!

Começamos o mês de Julho mergulhados numa profunda emocionalidade que nos impele à transformação. É uma altura de grande importância, que se tem traduzido em manifestações concretas de ruptura e transformação de padrões disfuncionais.

Neste mês, inicia-se uma nova estação: o Verão. É um novo estímulo, um novo conjunto de condições que se manifesta e que nos convida a inaugurar uma nova etapa em que a ligação emocional, a proximidade e a partilha íntima entram em destaque.

Maio promete ser um dos meses mais enérgicos do ano. Além dos dois eclipses que irão ocorrer, teremos nova quadratura de Úrano / Plutão. A vibração é marcadamente taurina no inicio do mês, transitado gradualmente para Gémeos.

Aqui estamos, em Março, com uma concentração de planetas em Peixes, o último signo do zodíaco, que representa a dissolução no todo indiferenciado. É um verdadeiro mergulho no "caos"; que nos é proposto neste momento.

Aqui estamos, em Março, com uma concentração de planetas em Peixes, o último signo do zodíaco, que representa a dissolução no todo indiferenciado. É um verdadeiro mergulho no "caos"; que nos é proposto neste momento.

A alteração energética, que neste início de Fevereiro se constelará no céu, irá reflectir-se numa clara mudança de cenário. Voltaremos a sentir vontade de expandir, acreditando em horizontes futuros mais promissores do que até aqui vislumbrávamos.

É hora de deixar para trás toda a bagagem do passado e viver o presente. É o momento de deixarmos materializar-se no exterior a transformação que durante o último ano se operou dentro de nós.

Estes são tempos de grande transformação e mudança, estamos mergulhados num imenso caldeirão alquímico que nos pressiona a desafiarmos os nossos limites a cada instante, num processo que acelera a cada novo passo.

Este mês teremos um evento extremamente poderoso: um eclipse total do Sol em Escorpião. É o momento em que batendo o pé no fundo, começamos a emergir para uma nova realidade mais alinhada com o nosso propósito evolutivo.

A relação é de primordial importância para Balança, sempre estendendo um dos seus pratos para que o outro nele deposite as suas opiniões, valores, perspectivas, como contrapeso das suas, permitindo o ajuste certo.

Em Virgem aprendemos a humildade do serviço, preenchendo o nosso apelo de individualidade na medida em que nos sentimos úteis e capazes. A sua função está associada à capacidade de análise, selecção e refinamento da matéria.

Entramos no auge do Verão e é chegada a hora do Leão! Leão é o segundo signo de Fogo, e representa simbolicamente a consolidação da personalidade individual e a manifestação do poder divino através do Eu.

É chegado o Verão e o Sol ingressa em Caranguejo. Sendo a primeira água do zodíaco, este signo simboliza o despontar das emoções e é desta forma que o espírito se liga completamente à matéria, através do vínculo emocional.

Estamos no terceiro mês de Primavera e o Sol entra no terceiro signo do Zodíaco: Gémeos. E tratando-se de Gémeos, era imperativo nomear este artigo com um trocadilho. O jogo das palavras é o deleite deste signo…

Segundo Leonardo da Vinci, os sentidos são os guias da Alma. Palavras de um Artista, palavras de um Touro. Ver, tocar, ouvir, cheirar, saborear… e talvez ainda um outro sexto sentido: eis o território de Touro.

Hoje dá-se o Equinócio da Primavera, e é aqui que tudo começa, com Carneiro! Começar é precisamente a tarefa deste signo. E para começar algo é necessário ousadia, coragem, determinação.

Por onde começar com Peixes? Que dizer do vasto oceano onde acaba de mergulhar o Sol na sua viagem celeste? Mais do que uma dissertação erudita, ou um receituário prático, talvez se ajuste mais o devaneio poético…

Aquário é o arquétipo da mente cósmica, abstrata, intuitiva, criativa. Não é por acaso que encontramos forte influência aquariana em muitas personalidades que se destacam pela sua genialidade inventiva.

O ano de 2012 está envolto em grande misticismo. As profecias acerca do fim do mundo, baseadas no calendário Maia, apontam para 21 de Dezembro de 2012 como o momento derradeiro.

Seguindo o trajeto do Sol em torno do zodíaco, eis que chegámos ao signo de Capricórnio. Este é um momento muito especial nesta viagem: a entrada do Sol em Capricórnio assinala o Solstício de Inverno (no hemisfério Norte).

O Sol fez a sua entrada no signo de Sagitário no passado dia 22 de Novembro. Depois da viagem às profundezas, simbolizada pelo signo de Escorpião, purificando o Ego, entramos numa dimensão mais abrangente do espectro cósmico.

O signo de Escorpião é talvez o signo mais "mal-afamado" do zodíaco. A intensa profundidade emocional da vibração escorpiónica inspira-nos receio e cautela e não é sem razão.

Nos últimos dias tem circulado pelos meios de comunicação a ideia de que os signos astrológicos estão incorrectos e que necessitam de actualização face a factos astronómicos, como a existência de uma 13º constelação chamada de Serpentário.

Vivemos numa época de grandes transformações: pessoais, sociais, ambientais… E todos somos chamados a desempenhar o nosso papel neste mundo em transformação.

 

Todos nós sentimos de alguma forma que temos um destino especial, uma missão, um propósito de vida. Todos trazemos um herói em potência dentro de nós, que anseia concretizar o seu potencial.